Com o tema Direitos Humanos e Respeito a Identidade de Gênero, Cinefacom exibe dois filmes na quarta (27)

A sessão apresenta o documentário Atrás dos Olhos e o curta Da Alegria, do Mar e de Outras Coisas,  às 17h, no auditório da Faculdade de Comunicação

cartaz1

O projeto CineFacom exibe, na próxima quarta (27), os filmes Da Alegria, do Mar e Outras Coisas, de Ceci Alves, e Atrás dos Olhos, dirigido por Fábio Fernandes e André Araújo. Com horário marcado para as 17h, a sessão acontecerá no auditório da Faculdade de Comunicação (Facom) da Universidade Federal da Bahia (UFBA).  

Logo após a sessão, o público poderá participar de um bate-papo com os diretores Ceci Alves e André Araújo. A produtora do filmes Atrás dos Olhos, Carla Freitas, também é uma das convidadas da roda de conversa, que contará com a mediação da professora da Facom, Graciela Nathanson.

Com temas relativos à diversidade e ao combate à homofobia, a sessão é parte de uma iniciativa do projeto para fortalecer os Direitos Humanos, com produções voltadas à promoção de direitos de minorias políticas e sociais.

As mostras dessa temporada contam com o apoio da Pró-Reitoria de Extensão (PROEXT) através da 1ª Chamada para Concessão de Apoio à Organização de Eventos Estudantis.

Filmes

Da alegria, do mar e outras coisas | Ceci Alves

Rodolfo Lima - Foto Eloi Correa

Rodolfo Lima – Foto Eloi Correa

O curta-metragem Da Alegria, do Mar e de Outras Coisas resgata a história das travestis baianas Luana e Joice, obrigadas a se jogar no mar para fugir dos tiros e espancamento de dois policiais que as escoltaram à noite até a perigosa praia da Pedra do Sal, em Salvador. No filme, a história é recontada através da travesti Nem, que faz shows de dublagem, e vê a também travesti, Joy, ser morta pelos homens.

 

 

 

Atrás dos olhos | André Araújo e Fábio Fernandes

Atrás dos Olhos

O documentário Atrás dos Olhos busca recontar, a partir de relatos, a história de luta do movimento LGBT baiano a partir da história da entidade ATRAS além de mostrar a vida e histórias dessas mulheres que continuam lutando contra o preconceito e as violências sofridas por elas nas ruas e dentro dos seus próprios lares. Entre as entrevistadas estão Millena Passos, Keila Simpson, Martinha, Andreza Belushi, Karla Falhao, Ranella Márcia, entre outras. Produzido pela Associação de Travestis e Transexuais de Salvador – ATRAS-  em parceria com o grupo de pesquisa Cultura e Sexualidade – CUS – e o Coletivo Audiovisual – CAV – ambos da Universidade Federal da Bahia.

Serviço:

O quê: CineFacom – Mostra Especial Direitos Humanos e Respeito a Identidade de Gênero

Quando: 10 de junho, às 17h

Onde: Auditório da Faculdade de Comunicação da UFBa

Contatos:

Valdíria Souza Fernandes – oi- (71) 98820-8653 -tim- (71) 99206-0397

cinefacom@gmail.com

https://cinefacom.wordpress.com

Informações complementares:

Sobre o Projeto:  CineFacom – Mostra Audiovisual dos Estudantes da UFBA criado em 2013 tem como objetivos estimular de maneira continuada a circulação e a produção do conhecimento acerca do audiovisual, promover a aproximação e o diálogo entre diferentes cursos e atores da produção cinematográfica e da comunidade acadêmica em geral e exibir filmes consagrados do cinema que estão fora do circuito comercial. Atualmente o projeto é promovido por um coletivo independente de estudantes da Faculdade de Comunicação que conta com o apoio institucional do Centro de Comunicação Democracia e Cidadania – CCDC.

ATRAS – Associação de Travestis de Salvador: Criada em 1995, foi formada por um grupo de travestis e membros do Grupo Gay da Bahia (GGB). A Associação foi registrada em 1999 em cartório como sociedade civil autônoma, defensora dos direitos humanos e cidadania das travestis, transformistas e transexuais e é nesse sentido uma ONG pioneira no Nordeste com suas propostas, ações e lutas que se refletem até hoje em seu crescimento e espaço nos movimentos sociais.

Advertisements